Monday, May 12, 2014

Bolo de vinho do Porto e canções visuais

English version

Port cake / Bolo de vinho do Porto

Algumas das minhas canções favoritas, além de serem ótimas no quesito musical, também me são bastante visuais – consigo imaginar as cenas conforme se passa a letra muito mais facilmente do que em outras canções, e é como fazer um videoclipe particular dentro da minha cabeça. :)

Por causa da riqueza dos detalhes, posso facilmente imaginar as ações retratadas nas letras de “Am I Right?”, “Say Hello, Wave Goodbye” ou “The Golden Path”, assim como é impossível não pensar em dois homens conversando quando Morten Harket canta o primeiro verso de “Manhattan Skyline”.

Entretanto, não me foi possível imaginar como seria um bolo com meia xícara de vinho fortificado na massa (neste as passas se encarregaram de “beber” praticamente todo o Marsala), por isso fiquei bem curiosa com a receita de bolo de xerez que vira na revista Delicious. Acabei fazendo a receita usando vinho do Porto e o resultado foi um bolo de sabor inusitado – mas não de um jeito frescurento – e tão macio que foi difícil cortá-lo.

Talvez não seja a praia de todo mundo, mas acho que é algo que vale a pena provar pelo menos uma vez, especialmente quando, ao se pensar em bolos, somente os sabores de sempre (limão, laranja, maçã) lhe veem à mente. ;)

Bolo de vinho do Porto
um nadinha adaptado da sempre fantástica revista Delicious UK

225g de farinha de trigo
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
125g de manteiga sem sal, amolecida
125g de açúcar cristal
2 ovos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
200ml de vinho do Porto Ruby
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma quadrada de 20cm, forre o fundo com papel manteiga, unte-o e depois enfarinhe tudo, removendo o excesso.
Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal.
Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos, um a um, batendo a cada adição (raspe as laterais da tigela ocasionalmente). Junte a baunilha.
Com uma espátula de silicone, gentilmente incorpore metade dos ingredientes secos, misturando de baixo para cima. Junte o vinho e o restante dos ingredientes secos e incorpore da mesma maneira (neste ponto eu não estava satisfeita com a consistência da massa e adicionei 20g de farinha de trigo).
Despeje a massa na forma preparada e asse por 35-40 minutos ou até que o bolo cresça e doure (faça o teste do palito).
Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha. Desenforme com cuidado, remova o papel manteiga, transfira para um prato de servir e polvilhe com o açúcar de confeiteiro.

Rend.: 16 quadradinhos

4 comments:

Entre Tralhas e Panelas said...

Que verdadeira tentação :)

Susana Machado said...

Que belo aspecto!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

Anna said...

Pois veja a coincidência. Eu, que em geral não bebo, ganhei uma garrafa de vinho do Porto de um cliente esses dias. Estava pensando o que fazer com ela (além de deixa-la pegando pó esperando "as visitas") quando vi seu aviso de receita nova no Twitter. Ah-ha! Bolo novo na área! :)

Patricia Scarpin said...

Anna, que notícia boa! Espero que vc goste do bolo!
Tenho outras receitas com este vinho aqui no blog, gosto muito do arroz doce com caldinha de vinho:

http://technicolorkitchen.blogspot.com.br/search/label/vinho%20do%20Porto

Bjs!

Related Posts with Thumbnails