Thursday, March 06, 2014

Bolo de marzipã e limão siciliano e uma season premiere bem sem graça

English version

Lemon and marzipan drizzle cake / Bolo de marzipã e limão siciliano

Por causa do fantástico “Top of the Lake” comecei a assistir a “Mad Men” novamente – acho que deu saudadinha da adorável Peggy Olson. :)

Três episódios da sexta temporada e para mim o seriado perdeu mesmo o brilho – não me lembro de uma season premiere tão sem graça, e por que raios a fizeram tão longa se não tinha nada de interessante nela? Os responsáveis deveriam ter umas aulinhas com quem está por trás da season premiere de “Hannibal”.
Vou continuar vendo “Mad Men” por curiosidade – quero saber como as coisas serão levadas até o final da série, que está próximo –, mas certamente não será uma prioridade: Dr. Lecter está de volta, “Sons of Anarchy” está bem interessante e há ainda alguns episódios com um dos meus vilões favoritos de todos os tempos – sim, decididamente “Mad Men” pode esperar. :)

Havia algo na minha geladeira que não poderia esperar: o marzipã que sobrara deste bolo tinha de ser usado logo já que só dura um mês na geladeira. Acabei preparando duas receitas deliciosas com ele e uma delas foi este bolo de limão siciliano: úmido, saboroso e irresistível, ele fica ainda mais gostoso no dia seguinte ao preparo – se durar até lá. :)

Bolo de marzipã e limão siciliano
um tiquinho adaptado daqui

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
1 xícara (225g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 xícara + 2 colheres (sopa) - 225g - de açúcar cristal
raspas da casca de 3 limões sicilianos
suco de 1 limão siciliano
150g de marzipã, em pedacinhos de cerca de 1cm – usei caseiro
4 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 xícara + 1 colher (sopa) - 150g - de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
1 xícara (100g) de farinha de amêndoa

Calda:
suco de 2 limões sicilianos
2 colheres (sopa) de Amaretto (opcional)
4 colheres (sopa) de açúcar cristal (reduza para 3 se omitir o Amaretto)

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma redonda funda de 20cm de diâmetro, forre o fundo com um círculo de papel manteiga e unte o papel também.
Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar até conseguir um creme claro e fofo. Junte as raspas de casca e o suco dos limões e o marzipã (tente manter os pedacinhos separados uns dos outros). Junte os ovos, uma um, batendo bem a cada adição. A mistura pode talhar por causa do suco de limão, mas não se preocupe, prossiga com a receita. Junte a baunilha.
Peneire a farinha de trigo, o fermento e o sal sobre a massa, junte a farinha de amêndoa e bata em velocidade baixa somente até a massa homogeneizar. Transfira para a forma e alise a superfície. Asse no centro do forno por 20 minutos, e então baixe a temperatura para 170°C e asse por mais 50 minutos* (caso o bolo comece a dourar demais, cubra-o de maneira frouxa com um pedaço de papel alumínio, mas somente faça isso depois de 30 minutos de forno).
Quando faltar cerca de 5 minutos para que o bolo esteja pronto faça a calda: coloque o suco de limão e o Amaretto em uma panelinha e leve ao fogo médio até que comece a ferver. Junte o açúcar e cozinhe em fogo médio por 1 minuto. Retire do fogo. Quando o bolo estiver assado, faça furinhos em sua superfície com um palito de dente e despeje a calda aos poucos, esperando que ela seja absorvida pelo bolo. Deixe o bolo esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Desenforme com cuidado, retire o papel e transfira para um prato.
O bolo pode ser guardado em um recipiente hermético por 3-4 dias.

* assei o bolo o tempo todo a 180°C, num total de 60 minutos
Rend.: 8-10 porções

2 comments:

Amanda said...

Olá, Patricia! O marzipã é um doce que eu gosto e que não como muito, porque meu marido não gosta de nada com marzipã e então acaba ficando de lado. O único doce que como são as "figuritas de mazapan", um típico doce espanhol consumido na época do Natal naquele país. Como estou viciada no seu blog e vi que você fez a gentileza de postar a receita do marzipã caseiro, acho que vou tentar mudar a opinião do marido teimoso com esse bolo que parece divino. Um abraço, Amanda.

Patricia Scarpin said...

Oi, Amanda!
Menina, eu também adoro marzipã, comia tanto quando era pequena! Esse caseiro fica bem parecido com o marzipã que a minha avó alemã trazia de presente - não tem aquele gosto artificial dos marzipãs que encontrei por aí. Espero mesmo que vc goste!
Beijo!

Related Posts with Thumbnails