Friday, February 28, 2014

Biscotti de fubá e pistache e de volta ao drama

English version

Cornmeal-pistachio biscotti / Biscotti de fubá e pistache

Às vezes tento não ser uma criatura de hábitos, mas pelo jeito falho miseravelmente nisso. Depois de ver um drama sombrio atrás de outro, achei que precisava respirar – era hora de uma comédia. Para evitar repetir o erro de meses atrás, pedi à querida Amanda umas dicas e ela, apesar de curtir dramas tanto quanto eu comentou comigo algo sobre “Community”, “Parks and Recreation” (que eu já adoro) e “30 Rock” – já li tanto sobre a última e como nunca vira nenhum episódio inteiro resolvi começar por ela.

Assisti ao piloto e achei engraçado e inteligente; entretanto, no final senti que faltava algo – talvez os músculos tensos ou os dentes rangendo, não sei. Um dia depois eu estava de volta ao drama, desta vez acompanhada de ninguém menos do que Hellboy e Peggy Bundy – se isso não for perfeição pura eu não sei o que é. :D

Toda vez que me dá vontade de assar biscoitos tenho que lutar contra o impulso de preparar biscotti – eles são fáceis de fazer, deliciosos e duram bastante em uma lata bem fechada, ou seja, tem como não amar? :) Às vezes consigo variar um pouco, mas acabo voltando para o meu vício – desta vez fui atraída pela adição de cornmeal (usei fubá) à massa, o que achei uma ideia deliciosa.

Biscotti de fubá e pistache
um nadinha adaptados do The Zuni Cafe Cookbook

- xícara medidora de 240ml

125g de pistaches sem sal
¼ xícara (56g) de manteiga sem sal gelada
½ xícara + 2 colheres (sopa) - 125g - de açúcar cristal
1 ovo grande gelado
1 colher (chá) de extrato de baunilha
2 colheres (chá) de Amaretto
1 ¼ xícaras (155g) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de fubá
1 colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal

Pré-aqueça o forno a 165°C. Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Em outra assadeira pequena, toste os pistaches no forno até que perfumem. Deixe esfriar e então pique ¼ deles finamente, e pique grosseiramente o restante.
Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar rapidamente, só até a manteiga começar a ficar cremosa. Junte o ovo, a baunilha e o Amaretto. Em outra tigela, misture os pistaches, a farinha, o fubá, o fermento e o sal. Acrescente à mistura de manteiga e misture até homogeneizar.
Divida a mistura em duas partes iguais e forme um cilindro de aproximadamente 2,5cm de espessura com cada metade (se necessário, polvilhe a bancada com um pouquinho de farinha). Transfira os cilindros para a assadeira forrada deixando um bom espaço entre eles, pois vão inchar no forno. Asse até que dourem e firmem levemente na superfície, mas ainda aceitando uma leve pressão se tocados, 15-20 minutos (gire a assadeira durante o cozimento caso um lado esteja dourando mais do que o outro). Não asse por menos tempo do que o recomendado ou o fermento em pó não cumprirá sua função e os biscotti ficarão duros e densos em vez de crocantes e com uma boa textura.
Transfira o papel com os cilindros de biscoito para uma gradinha e deixe esfriar por 5-8 minutos – enquanto isso, aumente a temperatura do forno para 180°C.
Corte os cilindros na diagonal em fatias de aproximadamente 1,25cm. Forre a assadeira ainda morna com papel manteiga e coloque sobre ele as fatias de biscoito com o lado cortado virado para cima. Asse por mais 5 minutos ou até que dourem levemente. Deixe esfriar completamente.
Guarde em recipiente hermético.

Rend.: cerca de 30 unidades

5 comments:

Tertúlia da Susy said...

Uma boa sugestão para o lanche.
Bjs, Susana

Aline Lima said...

Delicia. Mas patricia, eu vasculhei o seu blog não achei a receita desse biscoito que aparece na foto da página principal do blog ao lado do nome Technicolor Kitchen. è uns biscoitinhos com uma gota generosa de chocolate (é o que parece) no meio. Dá agua na boca toda vez vejo a foto, quero a receita. um abraço

pimentinha said...

Devem ser deliciosos!!!

liv said...

Vai fazer comentários sobre o Oscar?? rsrs
Achei o vencedor merecidíssimo. Ainda bem que Gravidade não ganhou.. além de ter me dado náuseas no cinema, aquela cena piegas da Sandra Bullock narrando a morte da filha ("eu fiquei dirigindo, dirigindo..") pra mim foi o fim da picada!

Patricia Scarpin said...

Aline, aqui estão: http://technicolorkitchen.blogspot.com.br/2009/07/biscoitinhos-recheados-de-chocolate.html
Beijo!

Liv, pois eu não concordo contigo. Eu achei "Gravidade" maravilhoso, muitíssimo bem dirigido, a história é comovente e universal. Bem, gosto não se discute, não é mesmo?

Related Posts with Thumbnails