Wednesday, July 12, 2017

Bolo de amêndoa e sementes de papoula para celebrar coisas simples

English version

Almond poppy seed cake / Bolo de amêndoa e sementes de papoula

Tempos atrás estava pensando nas coisas que tem o poder de melhorar os meus dias e foi meio que uma surpresa perceber que muitas delas são incrivelmente simples: chegar em casa do trabalho e imediatamente tirar os sapatos (especialmente quando estou usando salto alto), tomar um banho pelando nos dias frios – a pele sofre, mas quem consegue resistir? –, vestir o pijama e relaxar no sofá com uma caneca de chocolate quente... Alguns dias são bem difíceis e me espanta quanto conforto encontro nas pequenas coisas (ou talvez eu seja fácil de agradar, quem sabe?). :)

Enquanto preparava o almoço sábado passado, de repente me dei conta que não batia um bolinho havia séculos – fazer bolos é algo que me deixa bastante feliz: entra na categoria das coisas simples que alegram o meu dia, sobre a qual escrevi no início do post. E também há a vantagem de comer uma fatia de bolo fresquinho entre as refeições, quando bate aquela fominha misturada com uma vontade de comer um doce e uma fruta não resolveria.

Esta é uma receita que já fiz algumas vezes e como as coisas que descrevi no texto é bastante simples, porém ótima: o bolo é saboroso e úmido. Vai bem sozinho, com chá ou café, mas como eu tinha morangos lindos na geladeira decidi servir com o bolo e uma colherada de chantilly. Ainda assim simples, ainda assim boa e reconfortante: como ficar descalça depois de um dia se equilibrando em sapatos de salto. :)

Bolo de amêndoa e sementes de papoula
receita minha

- xícara medidora de 240ml

¾ xícara (105g) de farinha de trigo
1 xícara (100g) de farinha de amêndoa
1 ¼ colheres (chá) de fermento em pó
1/8 colher (chá) de sal
1 ½ colheres (sopa) de sementes de papoula
½ xícara (100g) de açúcar cristal
raspas da casca de 1 laranja
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, amolecida
2 ovos grandes
2 colheres (chá) de Amaretto
1 colher (chá) de extrato de baunilha
½ xícara (130g) iogurte natural desnatado

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma redonda de 20cm de diâmetro, forre o fundo com um círculo de papel manteiga e unte-o também.

Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha de trigo, a farinha de amêndoa, o fermento, o sal e as sementes de papoula. Reserve.
Na tigela da batedeira, junte o açúcar e as raspas de casca de laranja e esfregue com as pontas dos dedos até aromatizar o açúcar. Junte a manteiga e bata em velocidade médio-alta até obter um creme claro e fofo – raspe as laterais da tigela ocasionalmente durante todo o preparo da receita. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Acrescente o Amaretto e a baunilha.

Em velocidade baixa, acrescente os ingredientes secos em três adições, alternando com o iogurte em duas adições – comece e termine com os ingredientes secos. Bata somente até obter uma massa homogênea. Despeje na forma preparada, alise a superfície e leve ao forno por 30-35 minutos ou até que o bolo cresça e doure – faça o teste do palito. Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Desenforme com cuidado, remova o papel e transfira o bolo para o prato de servir.

Rend.: 8 porções

6 comments:

Brazilmt04 said...

Olá! É sempre um prazer ler seu blog e colocar as mãos na massa! Como hoje posso, estou indo para cozinha testar a receita de sua autoria e aproveitar a farinha de amêndoas que comprei outro dia... Não vai rolar ficar descalça pelo clima, e temporariamente os saltos estão no armário esperando o meu retorno ao mercado de trabalho, mas o meu chá da tarde estará muito bem acompanhado. Abraço grande, Maria Teresa

O cantinho dos Gulosos said...

esse bolo está super bonito e com um aspeto delicioso.


Blog - O Cantinho dos Gulosos

Ana Carolina Alves Pereira said...

Eu estava justamente refletindo sobre isso, sobre como limitamos o conceito de felicidade e conforto ao estipular: só vou ser feliz se isso e aquilo de difíceis aconteceram, quando na verdade perdemos a oportunidade de ser feliz no presente, com as coisas simples. E o seu post me lembrou da Amélie Poulain!
O bolo está lindo, como todas as outras receitas do blog.
Tenho feito muitas receitas daqui, e todas tem me dado um resultado muitoooo gostoso! Ontem fiz os seus blondies (de limão e chocolate branco) maravilhosos

Micheli H said...

Nossa, parece delicioso este bolo. Amo semente de papoula em bolos, mas não tenho Amaretto, posso substituir por outro ingrediente?

Clara Brito said...

Belo bolo.

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/07/sangria-de-melao.html

Patricia Scarpin said...

Maria Teresa, querida, amei o seu comentário! Espero que você goste muito do bolo e que ele lhe traga alegria. Um grande beijo!

Ana Carol, acho que na ânsia de sermos felizes esquecemos das pequenas alegrias do dia a dia. Adorei saber que você está gostando das receitas e que as blondies foram sucesso (olha aí, mais uma pequena alegria para o meu dia saber disso!). Beijo!

Micheli, eu sempre coloco um pouquinho de Amaretto em receitas com amêndoas para deixar o sabor delas mais forte, mas você pode fazer o bolo sem, não há problema! Um beijo!

Related Posts with Thumbnails