Monday, February 17, 2014

Blondies de manteiga de amendoim e geleia com um toque de sal, dois ótimos caras deixados de fora do Oscar e um filme medíocre

English version

Salted peanut butter and jelly blondies / Blondies de manteiga de amendoim e geleia com um toque de sal

Quando o assunto é Oscar aparentemente todo ano tem sempre alguém talentoso (ou mais de um) deixado de fora da competição, e até já escrevi sobre isso. Este ano tanto Tom Hanks quanto Paul Greengrass foram “esquecidos” por seu trabalho incrível em “Capitão Phillips”, o que eu acho realmente injusto. Eu não diria que a performance de Hanks é a melhor dentre os indicados – esse título ainda pertence a Leo – mas é certamente superior à de Christian Bale no medíocre “Trapaça” e à de Matthew McConaughey em “Clube de Compras Dallas”.

No quesito diretores, a indicação de David O. Russel é uma piada de mau gosto e pensar que ele foi incluído no jogo às custas de Greengrass faz a competição deste ano ainda mais ridícula (acho que deu para perceber o quanto detestei “Trapaça”). :D

Depois de desperdiçar 138 minutos da minha vida em um filme tão ruim eu precisava de algo saboroso e rapidinho de fazer – o vidro de geleia de framboesa pela metade na geladeira (sobra dos biscoitos que preparei um tempo atrás) e o pote de manteiga de amendoim recém-comprado foram combinados para criar estas blondies. Enquanto as cortava em quadradinhos e pensava no filme, me toquei de que Bradley Cooper – o ator pobrinho que estrela coisas como “Se Beber, Não Case!” – já tem duas indicações ao Oscar em um período de dois anos (e por dois filmes abaixo da média) enquanto que a Academia levou mais de vinte anos para indicar o melhor ator do mundo pela primeira vez – fiquei tão passada que tive que comer uma barrinha na hora. :D

Blondies de manteiga de amendoim e geleia com um toque de sal
um nadinha adaptadas da revista Bon Appétit

- xícara medidora de 240ml

½ xícara (113g) de manteiga sem sal, derretida
1¼ xícaras (175g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal comum
2 ovos grandes
200g de açúcar mascavo claro
¾ xícara de manteiga de amendoim do tipo crunchy
1 colher (chá) de extrato de baunilha
2 ½ colheres (sopa) de geleia de framboesa
sal marinho em flocos, como o Maldon

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma quadrada de 20cm, forre-a com papel alumínio deixando sobras em dois lados opostos, formando “alças”, e unte o papel também.
Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o fermento e o sal comum. Em uma tigela grande, com o batedor de arame, misture os ovos, o açúcar mascavo, a manteiga de amendoim, a manteiga e a baunilha. Acrescente os ingredientes secos e misture de baixo para cima. Transfira a massa para a forma e alise a superfície. Espalhe colheradinhas de geleia sobre a massa e asse por 30 minutos (faça o teste do palito). Salpique com um pouquinho de sal marinho e deixe esfriar completamente a forma, sobre uma gradinha. Corte em quadradinhos para servir.

Rend.: 16 unidades

10 comments:

Quéroul said...

cabei de ver o Capitão Phillips. gostei do Hanks, apesar que faz tempo que acho que ele me incomoda... gostei MUITO do Bakhad Abdi. tô nessas de torcer pra ele, pra Lupita e quase que pro Chiwetel - o que é difícil porque eu acho que tem que ser do Leo. Mas ia ser bacana ao menos os coadjuvantes ganharem por motivos de: é o primeiro filme desses dois e chega de gente hypada ganhar um oscarzinho.

tô pegando nojo d'A Trapaça, muita falação e muita reclamação, e uma quantia elevada de mulambentos no cast, por ex., a dobradinha - DE NOVO - Bradley Cooper e Jennifer Lawrence. do primeiro tenho lá nojinho, da segunda, uma preguiça mo-nu-men-tal, embora às vezes eu ache que ela é até fofa.

minha carteirinha de torcedora Amy Adams F.C. tá vencida há uns 4 oscares porque ela não leva NADA NUNCA. então, nem vou tentar dessa vez.

ai, posso passar mais horas e horas falando sobre esse oscar, mas ainda me faltam 5 filmes pra ver. btw, assisti o Capitão pelo seu link, achei é bom.

;)

valeria rezende said...

Oi Patrícia. Penso que o Oscar é 90% lobby. Lembro de ter lido que quando Kim Basinger foi indicada ao premio por Los Angeles, Alec Baldin conversou com TODOS os jurados pra votarem nela. Também acho bem cansativo isto deles cismarem com um ator/atriz que é nomeado até a exaustão, mesmo sem merecer.
Abraços!

Masterchef cá de casa said...

Eu gostar, gostar, gosto é desses docinhos!
http://aaventuraculinaria.blogspot.pt/

Raquel Alabaça said...

Ando cobiçando as receitas com manteiga de amendoim, nem aprecio muito mas ando tentada. :-)

Tertúlia da Susy said...

Hum, que gulosos.
Bjs, Susana

Renata said...

Oi Patrícia, sabe o que é pior? Fui ao cinema assistir Trapaça e, de fato, não tava gostando muito filme, só que o projetor pifou quando faltavam uns 10 ou 15 min pro filme acabar! Perdi 2 horas do meu domingo e não sei o fim do filme! :(
Esses blondies estão lindos, adoro a combinação manteiga de amendoim e um tico de sal!
Beijos

Sofia said...

concordo totalmente com a sua opiniao sobre trapaça, ta todo mundo dizendo q é um filme ótimo quando ele é totalmente superestimado... se beber nao case nao é exatamente o meu tipo de filme, mas a atuacao do bradley cooper em o lado bom da vida (que nao era la um filme espetacular) eu achei boa! ele meio que conseguiu retratar como a obsessao do personagem era infantil

Carol Moraes Maia said...

Pati querida,
A-D-O-R-O as introduções pré-Oscar de seus posts e SEMPRE fico curiosa para saber o que acha das indicações pois costumo partilhar de suas opiniões na maioria das vezes... Assisti “Trapaça” e também achei um filminho medíocre em todos os aspectos... Assim como aconteceu com “O Lado Bom da Vida”, fico pensando se deixei de prestar atenção em algum detalhe incrívelmente genial que justificasse esse monte de indicações e premiações... Oh well, se não sou a única que pensa assim, começo a achar que o problema é “síndrome aguda de babação de ovo” sem motivo aparente – ao menos aos olhos de nós, pobres mortais!! Essa “troca de reflexões” só não é mais gostosa do que essas gostosuras que você ensina pra gente!! Oh mulher boa de escolher (e executar!!) delicias!! Beijo grande!

Anonymous said...

amo seu blog e seus posts,as receitas sao bem diferentes e deliciosas,adoro cozinhar e tenho uma lista das suas receitas q quero fazer kkk!!!

Patricia Scarpin said...

Quéroul, eu não gosto do Hanks em tudo (não gosto de "Filadélfia", por exemplo), mas achei que em "Capitão Phillips" ele está ótimo. Tb amei o Bakhad e adorei ele ter ganhado o BAFTA.
Eu acho JLaw fofa, mas mais por causa de "Inverno da Alma" e "Jogos Vorazes" - nestes filmes do David O. Russell ela está muito caricata.
Tem mais filmes do Oscar naquele link, tá?
xx

Valéria, é lobby sim, querida. E isso que vc fiz do Alec Baldwin faz todo o sentido mesmo, pq a própria Kim se assustou quando chamaram o nome dela.
Beijo!

Renata, termine de ver o filme aqui, ó: http://filmeonlinetocadoscinefilos.blogspot.com.br/
Beijo!

Sofia, repare nos maneirismos do Bradley Cooper em "Trapaça", são os mesmos de "O Lado Bom da Vida". Ele só sabe fazer de um jeito. O_O
Beijo!

Carol, querida, que delícia ler o seu comentário! Às vezes eu tenho a impressão de que estou falando sozinha por aqui. :D
David O. Russel enterrou uma capivaca atrás do Kodak Theater, só pode. :D
Beijo e super obrigada!

Related Posts with Thumbnails