Monday, September 16, 2013

Barrinhas de amêndoa, laranja e geleia de laranja e um certo ator britânico

English version

Orange and marmalade bars with almond crust / Barrinhas de amêndoa, laranja e geleia de laranja

Logo que comecei a assistir a "Game of Thrones" (acabei há pouco a primeira temporada, por isso, nada de spoilers, por favor) acessei o perfil do Sean Bean no IMDb para checar a sua idade, já que o embagulharam bastante no programa e ele nem de longe era o charme de sempre. :) O texto dizia que Bean é o ator mais versátil da Inglaterra e por mais que eu seja fã dele é óbvio que a pessoa que escreveu isso não foi apresentada a Gary Oldman. :D

Quanto o assunto é versatilidade é difícil ganhar das barrinhas da Alice Medrich: já as fiz de diversas formas, com e sem amêndoas na base, com diferentes sabores de geleia... Desta vez as adaptei novamente usando laranja em vez de limão siciliano e preparando-as em uma assadeira maior para poder alimentar mais gente com elas. Delícia.

Barrinhas de amêndoa, laranja e geleia de laranja
um tiquinho adaptadas do delicioso Chewy Gooey Crispy Crunchy Melt-in-Your-Mouth Cookies by Alice Medrich

-xícara medidora de 240ml

Base:
180g de farinha de trigo
60g de farinha de amêndoa
75g de açúcar cristal
1/8 colher (chá) de sal
¾ xícara (168g) de manteiga sem sal, derretida
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Cobertura:
¼ xícara (50g) de açúcar cristal
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
3 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha
225g de geleia de laranja
½ xícara (120ml) de suco de laranja

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma retangular de 20x30cm, forre-a com papel alumínio deixando sobras em dois lados opostos, formando “alças” e unte o papel também.

Base: coloque a farinha de trigo, a farinha de amêndoa, o açúcar e o sal em uma tigela grande e misture bem. Junte a manteiga e a baunilha e misture até obter uma pasta homogênea. Pressione a massa no fundo da forma preparada e leve ao forno por 25-30 minutos ou até que asse completamente e esteja dourada no centro.
No final do tempo de forno da base prepare a cobertura: em uma tigela média, misture a farinha e o açúcar. Junte os ovos e a baunilha e misture bem com um batedor de metal. Junte a geleia e misture, desmanchando quaisquer pedaços muito grandes de fruta. Junte o suco de laranja. Quando a base estiver pronta, derrame a cobertura sobre ela e asse por mais 10-15 minutos ou somente até a cobertura firmar e não balançar mais quando a forma for movimentada. Deixe esfriar completamente sobre uma gradinha.
Corte em barrinhas ou quadradinhos (elas podem ser mantidas em um recipiente hermético na geladeira por até 3 dias).

Rend.: 24 unidades

Friday, September 13, 2013

Bolinhos de mel e especiarias e mais um seriado

English version

Spiced honey cakes / Bolinhos de mel e especiarias

Infelizmente, o melhor seriado de todos os tempos está chegando ao fim e por isso me deu vontade de encontrar outro vício para assistir. :) Tinha lido em algum lugar que “Broadchurch” era bom (e depois disso evitei ler qualquer outra coisa sobre o seriado porque aparentemente as pessoas são incapazes de escrever sobre filmes e TV sem recorrer a spoilers) e foi esta então a minha escolha. Por ter uma temporada super curta (apenas oito episódios) terminei a série rapidinho e sim, é tão boa quanto eu esperava e tanto David Tennant quanto Olivia Colman estão fantásticos nela (nota mental: tentar encontrar “Tiranossauro” o quanto antes).

Apesar de não ser algo recomendável, às vezes gosto de comer vendo televisão e se for algo gostoso melhor ainda: estes bolinhos, super fáceis de fazer (manteiga derretida, não precisa esperar que amoleça fora da geladeira), ficaram uma delícia e absurdamente macios, e um deles foi devorado enquanto eu assistia ao final de temporada de “Broadchurch” – ainda bem que o episódio prendeu completamente a minha atenção ou eu teria comido outro bolinho logo depois do primeiro. :D

Bolinhos de mel e especiarias
um tiquinho adaptados da sempre lindíssima e deliciosa Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

180g de farinha de trigo
1¼ colher (chá)s de fermento em pó
½ colher (chá) de canela em pó
1 pitada de cravo em pó
¼ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
½ xícara (100g) de açúcar cristal
¼ xícara (44g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
120g de mel
1/3 xícara (75g) de manteiga sem sal, derretida e ligeiramente fria
100ml de leite integral, temperatura ambiente
1 ovo grande
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ½ colheres (sopa) de uísque
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe 18 forminhas de muffin com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada.
Em uma tigela grande, peneire juntos a farinha, o fermento, as especiarias, o bicarbonato e o sal. Junte os açúcares e misture com um batedor de arame. Faça um buraco no centro dos ingredientes secos e despeje o mel, a manteiga, o leite, o ovo, a baunilha e o uísque. Misture até obter uma massa homogênea. Divida a massa entre as forminhas preparadas e asse por 15-20 minutos ou até que os bolinhos cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar na s formas sobre uma gradinha por 15 minutos e então desenforme com cuidado, transferindo para a gradinha. Deixe esfriar completamente.
Polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir.

Rend.: 18 unidades – fiz exatamente a receita acima usando forminhas com capacidade para 180ml e consegui 8 bolinhos

Wednesday, September 11, 2013

Pão de queijo da Úmbria e ignorando uma instrução da receita

English version

Umbrian cheese bread / Pão de queijos da Úmbria

Quando o assunto é cozinha algo que aprendi nestes anos todos foi a ler a toda a receita antes de prepará-la – isso me evitou dezenas de problemas e frustrações e é um hábito que recomendo muito que vocês adquiram.

Dias atrás decidi dar um fim digno aos queijos da minha geladeira preparando o maravilhoso pão do Nick Malgieri – sentei e li calmamente a receita, do início ao fim. Fui para a cozinha e um tempo depois o pão perfumou a minha casa toda enquanto estava no forno: ficou uma delícia, cascudinho por fora e macio por dentro, com um sabor fantástico de queijo. Depois de colocar o pão na gradinha me lembrei das instruções do autor para deixar o pão esfriar completamente antes de servir e soltei uma gargalhada: não haveria mesmo a menor chance de isso acontecer. :D

Pão de queijo da Úmbria
um nadinha adaptado do Nick Malgieri's Bread: Over 60 Breads, Rolls and Cakes plus Delicious Recipes Using Them

- xícara medidora de 240ml

3 colheres (chá) de fermento biológico seco
¼ xícara (60ml) de água levemente morna
400g de farinha de trigo comum
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente, picada
5 ovos grandes
80g de queijo parmesão ralado bem fininho
40g de queijo pecorino Romano ralado bem fininho
80g de gruyère em cubinhos de 5mm – usei mozarela
½ colher (chá) de sal
¼ colher (chá) de pimenta do reino moída na hora

Em uma tigelinha, misture o fermento e a água. Reserve até borbulhar.
Na tigela da batedeira, com o batedor em formato de pá, misture a farinha e a manteiga e bata em velocidade médio-baixa até que a mistura pareça uma farofa grossa e não haja mais porções grandes de manteiga visíveis. Mude para o batedor de gancho (ou os batedores para massas pesadas), acrescente os ovos e a mistura de fermento à tigela e bata em velocidade baixa por 1 minuto para incorporar os ingredientes. Adicione os queijos, o sal e a pimenta e bata em velocidade médio-baixa até a massa ficar homogênea e elástica, cerca de 5 minutos. Cubra a tigela com filme plástico e deixe a massa fermentar até que comece a estufar, 15-20 minutos (a minha precisou de 35). Unte com manteiga uma forma redonda de 20cm, de beiradas altas, forre o fundo com um círculo de papel manteiga e unte o papel também.
Transfira a massa para a forma preparada e cubra com filme plástico levemente pincelado com óleo. Deixe crescer por cerca de 45 minutos ou até que chegue à beirada da forma – enquanto isso acontece, pré-aqueça o forno a 180°C.
Asse o pão até que cresça e doure bem, cerca de 30 minutos. Deixe esfriar na forma por 5 minutos e então desenforme, remova o papel e transfira para uma gradinha. Sirva morno (esse pão também fica ótimo reaquecido em forno a 180°C por alguns minutos).

Rend.: 8-10 porções

Monday, September 09, 2013

Cookies cítricos de aveia + o livro que terminei de ler

English version

Zesty oaty cookies / Cookies cítricos de aveia

Demorei um pouquinho para começar a ler “Garota Exemplar”, mas quando o fiz não conseguia largá-lo: eu estava com o livro nas mãos a todo momento, mesmo que fossem cinco minutos enquanto o elevador não vinha. Viciei mesmo na história muitíssimo bem escrita de Gillian Flynn. Enquanto lia o livro pensei no quão perfeita Rosamund Pike é para interpretar Amy e no quão errado para o filme é Ben Affleck – gostei bastante de “Argo”, entretanto não acho que Affleck sirva para o papel de Nick Dunne (ou de Bruce Wayne). :S

Se vocês, como eu, são fãs incondicionais da fantástica trilogia Millennium e estão procurando por um livro que os mantenham acordados até as três da manhã deem uma chance a “Garota Exemplar”; E se vocês adoram baking tanto quanto eu e não passam um final de semana sequer sem preparar um bolinho deem uma olhada no livro lindo da Amber Rose – já fiz várias receitas dela e foram todas um sucesso, como estes biscoitos macios de aveia, cheios de raspas cítricas e especiarias – eu os considero uma versão mais gostosa e saudável das famosas barrinhas de cereais.

Cookies cítricos de aveia
um nadinha adaptados do simplesmente maravilhoso Love, Bake, Nourish (comprei o meu aqui)

220g de manteiga sem sal, amolecida
1 ovo grande
90g de farinha de trigo
150g de mel
70g de açúcar demerara
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
½ colher (chá) de canela em pó
½ colher (chá) de gengibre em pó
¼ colher (chá) de cardamomo moído
raspas da casca de 1 limão siciliano
raspas da casca de 1 laranja
70g de passas claras
80g de damascos secos, picadinhos
1 pitada de sal
1 colher (chá) de fermento em pó
140g de aveia em flocos

Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga por uns 2 minutos ou até ficar cremosa. Junte o ovo, bata, e raspe as laterais da tigela – se a mistura parecer talhada, acrescente 1-2 colheres (sopa) da farinha. Bata até a mistura ficar clara e fofa. Com o auxílio de uma espátula, gentilmente incorpore o restante da farinha e todos os outros ingredientes – não misture demais; a massa é molinha mesmo. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por2 horas.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Faça bolinhas com 2 colheres (sopa) niveladas de massa e coloque-as nas assadeiras preparadas deixando 5cm de distância entre uma e outra. Pressione levemente com as costas de um garfo. Asse por 10-12 minutos ou até que dourem nas extremidades.
Deixe esfriar completamente nas assadeiras sobre uma gradinha.

Rend.: cerca de 25

Friday, September 06, 2013

Bolo de fubá, limão siciliano e mirtilos

English version

Lemon and blueberry cornmeal cake / Bolo de fubá, limão siciliano e mirtilos

Apesar de continuar firme e forte no projeto do inventário (dois anos, uau) continuo gostando de passear pelas gôndolas do supermercado para ver se há alguma novidade que ainda não experimentei – meu marido diz que se nós dois apostássemos uma corrida para comprar exatamente as mesmas coisas ele terminaria na metade do tempo (e é verdade). :D

Semanas atrás descobri uma marca nova de produtos de milho não-transgênico, projeto de Heloísa Bacellar e Alex Atala, e não pude resistir: levei um pacotinho de fubá para casa e o usei para preparar o bolo lindo da Clarice. Como o bolo ficou uma delícia, fiquei empolgada para usar o fubá novamente, desta vez em uma receita que originalmente pedia por polenta. O bolo ficou delicioso e muito macio, com os mirtilos explodindo na boca como pequenas bolhas de geleia – achei o bolo tão gostoso assim, sozinho, que dispensei completamente a cobertura.

Bolo de fubá, limão siciliano e mirtilos
um tiquinho adaptado daqui

225g de manteiga sem sal, bem molinha
225g de açúcar cristal
4 ovos grandes
raspas da casca de 2 limões sicilianos grandes
4 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
½ colher (chá) de extrato de baunilha
100g de fubá
150g de farinha de trigo
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
200g de mirtilos (blueberries), frescos ou congelados (usar sem descongelar antes)
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma retangular de 20x30cm, forre-a com papel manteiga e unte o papel também.
Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo, cerca de 3 minutos. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição e raspando as laterais da tigela também. Junte as raspas de limão e a baunilha. Com uma espátula de silicone, misture gentilmente o fubá, a farinha de trigo, o fermento, o sal e o suco de limão, mexendo de baixo para cima até a massa homogeneizar. Incorpore metade dos mirtilos delicadamente. Espalhe a massa na forma preparada e salpique com os mirtilos restantes.
Asse por aproximadamente 40 minutos ou até que doure e cresça (faça o teste do palito). Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Polvilhe com açúcar de confeiteiro e corte em quadrados para servir.

Rend.: 20 porções

Wednesday, September 04, 2013

Biscoitos de amêndoa e sementes de papoula e alguém que deveria calar a boca

English version

Almond poppy seed cookies / Biscoitos de amêndoa e sementes de papoula

Já falei diversas vezes do meu amor pelas receitas do Jamie Oliver – exceto por um probleminha anos atrás tudo o que fiz dos livros e do site dele ficou uma delícia. Infelizmente, quando ele resolve abrir a boca para algo que não seja comer nós somos “agraciados” com diversas declarações ridículas, difíceis de digerir. É uma pena que alguém como ele, que alcança milhares de pessoas e poderia mandar uma mensagem de compreensão prefere julgar coisas sobre as quais nada sabe – e quando penso nos programas dele, especialmente o das receitas de 15 minutos com todos aqueles pratos preparados com limões sicilianos em conserva, harissa, pistache e até açafrão, não consigo imaginar alguém que vive na pobreza podendo gastar dinheiro em ingredientes assim.

Uma das coisas que a idade me trouxe é o exercício constante de evitar o dedo em riste – nem sempre consigo, afinal de contas sou humana, mas tento o máximo que posso porque a filosofia do “se eu posso você também pode” me enoja – e é exatamente isso que Jamie Oliver está fazendo. Que vergonha.

Já que estou bastante desapontada com o Sr. Oliver decidi publicar uma receita de um livro que, até o momento, não decepcionou: tornou-se uma das minhas fontes favoritas para baking, à qual recorro com frequência e sempre com excelentes resultados.

E antes que alguém me pergunte: as sementes de papoula foram trazidas de viagens - tenho certeza de que os biscoitos ficariam ótimos sem elas, também.

Almond poppy seed cookies / Biscoitos de amêndoa e sementes de papoula

Biscoitos de amêndoa e sementes de papoula
um tiquinho adaptados do delicioso The Grand Central Baking Book: Breakfast Pastries, Cookies, Pies, and Satisfying Savories from the Pacific Northwest's Celebrated Bakery

- xícara medidora de 240ml

225g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de sementes de papoula
1/8 colher (chá) de sal
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
½ xícara (100g) de açúcar cristal
1 colher (chá) de extrato de baunilha
85g de amêndoas, levemente tostadas, frias e picadas grosseiramente
um pouquinho extra de açúcar cristal, para cobrir os rolinhos de massa

Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, as sementes de papoula e o sal.
Na tigela grande da batedeira bata a manteiga e o açúcar em velocidade média até obter um creme claro. Raspe as laterais da tigela ocasionalmente. Junte a baunilha. Em velocidade baixa, junte os ingredientes secos misturando apenas até incorporar. Com uma espátula de silicone, misture as amêndoas.
Divida a massa em duas partes iguais e coloque cada metade em um pedaço grande de papel manteiga; forme um cilindro de aproximadamente 3,5cm de diâmetro com a massa, fechando-a dentro do papel manteiga usando uma régua – como a Martha faz aqui. Feche as pontas e leve ao freezer até firmar bem.
Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes com papel manteiga. Desembrulhe um dos cilindros de massa (mantenha o outro no freezer). Role o cilindro de massa sobre o açúcar extra, até cobrir bem. Corte em fatias de 5mm e coloque-as nas assadeiras preparadas deixando um espaço de 5cm entre uma e outra. Asse por 10-12 minutos ou até que os biscoitos estejam dourados nas extremidades. Deixe esfriar nas assadeiras sobre gradinhas por 5 minutos e então remova com jeitinho e transfira para as gradinhas. Deixe esfriar completamente. Repita o processo com o outro cilindro de massa.

Rend.: cerca de 40 biscoitos

Monday, September 02, 2013

Financiers de chocolate com cobertura crumble de limão siciliano + um filme francês lindo

English version

Chocolate financiers with lemon crumble / Financiers de chocolate com cobertura crumble de limão siciliano

Acho impossível pensar em filmes franceses sem pensar em Audrey Tautou – por causa de sua Amélie ela hoje ocupa o lugar em minha mente antes dividido por Gérard Depardieu e Catherine Deneuve (é uma questão de ordem, não de talento, claro).

Ontem assisti a “A Delicadeza do Amor” e me senti tocada pelo filme: romântico sem ser piegas, fala de amor, de perdas, da vida. Tautou com seus expressivos olhos nos faz chorar e rir sem recorrer a situações ou coisas tolas, e no final do filme dá vontade de pegar um vôo para Paris na mesma hora. :)

Para continuar com essa onda francesa causada pelo filme lhes trago estes saborosos financiers: um docinho francês de um chef francês – jamais teria imaginado colocar cobertura crumble em financiers, e que bom que Eric Lanlard pensou nisso. :D

Financiers de chocolate com cobertura crumble de limão siciliano
um nadinha adaptados do über delicioso Chocolat (comprei o meu aqui)

Cobertura crumble:
25g de farinha de trigo
25g de açúcar de confeiteiro, peneirado
50g de farinha de amêndoa
raspas da casca de 2 limões sicilianos
1 pitada de sal
25g de manteiga sem sal, gelada e picada

Financiers:
40g de chocolate amargo ou meio-amargo picado – usei um com 53% de cacau
75g de manteiga sem sal picada
50g de farinha de amêndoa
125g de açúcar de confeiteiro peneirado
40g de farinha de trigo
1 pitada de sal
1 colher (chá) de extrato de baunilha
4 claras

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma de mini muffins com 24 cavidades.
Crumble: coloque a farinha de trigo, o açúcar de confeiteiro, a farinha de amêndoa, as raspas de limão e o sal em uma tigelinha e misture. Acrescente a manteiga e misture com as pontas dos dedos, esfregando a manteiga nos ingredientes secos até que uma farofa grossa se forme. Leve à geladeira enquanto prepare a massa dos financiers: em uma tigela grande, junte o chocolate a manteiga e leve ao banho-maria (fogo baixo, sem deixar que o fundo da tigela toque a água) até derreter. Retire do fogo e deixe esfriar 5 minutos. Acrescente a farinha de amêndoa, o açúcar, a farinha de trigo, o sal e a baunilha e misture. Junte as claras. Despeje a massa na forma preparada enchendo cada cavidade ¾ de sua capacidade. Polvilhe generosamente com a cobertura crumble, apertando levemente com os dedos para que ela grude na massa de chocolate. Asse por 10-12 minutos ou até que os financiers cresçam (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 5 minutos e então os retire da forma com bastante cuidado, transferindo para a gradinha. Sirva mornos ou em temperatura ambiente.

Rend: 24 unidades

Related Posts with Thumbnails