sexta-feira, maio 18, 2012

Rugelach - o pesadelo dos perfeccionistas

English version

Rugelach

Acho que esta receita tentou me ensinar uma lição: nada pior para uma perfeccionista/control freak como eu se dar conta de que não, não vou conseguir modelar todos os biscoitos do mesmo jeito, tornando-os iguaizinhos e que sim, alguns ficarão minúsculos enquanto outros parecerão uma jamanta. Pelo menos esperei por um dia frio para preparar a receita (depois do fiasco do outro rugelach) e apesar dos problemas para abrir a massa e modelar os biscoitinhos eles ficaram deliciosos – o cacau e as pecãs complementam a geléia de framboesa lindamente e a massa é tão macia e flocosa que lembra massa folhada.

Rugelach

Rugelach
do delicioso Sarabeth's Bakery: From My Hands to Yours

- xícara medidora de 240ml

Massa:
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente, em cubinhos
226g de cream cheese, amolecido
2 colheres (sopa) de açúcar cristal
½ colher (chá) de extrato de baunilha
1 pitada de sal
2 ¼ xícaras (315g) de farinha de trigo
aproximadamente ½ xícara de geléia de framboesa ou damasco

Recheio:
¼ xícara (28g) de pecãs, bem picadinhas
1 colher (sopa) de açúcar cristal
1 colher (sopa) de açúcar mascavo claro – aperte-o na colher na hora de medir
½ colher (chá) de cacau em pó, sem adição de açúcar
½ colher (chá) de canela em pó

Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o cream cheese até misturá-los, raspando as laterais da tigela uma ou duas vezes. Junte o açúcar, a baunilha, o sal e bata. Reduza a batedeira para a velocidade baixa e acrescente 1 ¼ xícaras da farinha, misturando apenas até incorporar. Junte a farinha restante e misture – não misture demais.
Transfira a massa para uma superfície levemente enfarinhada. Com as mãos enfarinhadas, sove gentilmente a massa por aproximadamente 10 segundos. Divida a massa em três partes iguais e forme com cada uma delas um disco de 2,5 de espessura. Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira até firmar, cerca de 2 horas.

Recheio: em uma tigelinha, misture bem as pecãs, os açúcares, o cacau e a canela. Reserve.

Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre duas assadeiras grandes com papel alumínio.
Usando um disco de massa por vez (mantenha os outros na geladeira), desembrulhe e coloque sobre uma superfície levemente enfarinhada. Polvilhe levemente com farinha e abra com o rolo até obter um círculo de 32cm de diâmetro. Com uma espátula pequena ou as costas da colher, espalhe cerca de 2 colheres (sopa) da geléia sobre a massa, deixando uma borda de 2,5cm sem geléia. Polvilhe a geléia com cerca de 2 colheres (sopa) do recheio de pecãs. Com um cortador de pizza ou faca afiada, corte o círculo de massa em quatro partes, e então corte cada parte em três fatias triangulares (como se fosse uma pizza), conseguindo 12 fatias em um círculo de massa.
Um a cada vez e começando pelo lado mais largo, enrole os triângulos de massa como se fosse um mini rocambole, sem pressionar muito para que o recheio não vaze. Tente manter a parte exterior dos biscoitinhos livre de recheio, pois a geléia pode queimar. Coloque-os nas formas preparadas, deixando 2,5cm de distância entre um e outro e entorte levemente as extremidades de cada biscoitinho (como se fosse um croissant). Limpe as pontas dos dedos antes de enrolar cada biscoitinho, para que resquícios do recheio do anterior não grude nos próximos biscoitos. Repita o processo com os outros dois discos de massa.
Asse até que dourem levemente, cerca de 30 minutos. Deixe esfriar completamente nas assadeiras.

Rend.: 3 dúzias de biscoitos

Rugelach

10 comentários:

tatiane disse...

Acho tão lindinhos esse biscoito. Esse recheio parece muito bom, pecãs com geléia (com acento, dona maria) nunca me ocorreu antes.
No livro de cookies da Martha, tem uma foto do disco aberto e já recheado, pronto pra enrolar. Pensei, cadê que vou abrir e cortar a massa tão perfeita assim, nem com compasso gigante conseguiria!
beijos!

Andrea - Sweet and Saucy disse...

Eles estão perfeitos! Aliás, como tudo o que você faz, Patrícia...

Li sua descrição e fiquei imaginando a textura da massa. Resultado: já estou aqui, pronta p/ me jogar na cozinha no final de semana!

Beijão

fernanda ramos disse...

Olá querida! Já conheces os videos da Raiza do Dulce Delight? A estética é bem similar ao seus videos. Acho que você vai gostar.
Abraço,
Fernanda ramos

D Augusto disse...

Ja imaginei servido com uma deliciosa xícara de chá nesse friozinho aqui que estou sentindo rsrs
Um beijos

Fabi disse...

Patrícia, você é demais. Sempre vejo suas receitas e penso que queria que vc fosse minha vizinha, mãe, irmã rs...Qq coisa pra sentir esse cheirinho maravilhoso que deve vir da sua cozinha, e, claro, provar suas receitas. Um beijo

Vera disse...

olááááá,
estão lindos os teus biscoitos!!a mim, parecem-me todos muito perfeitinhos, isto para não falar da combinação de sabores que só pode ser maravilhosa!!!

bj

familia antunes disse...

Sabe tão bem vir até aqui... e deliciar-me com sugestões tão boas como esta...
Ficaram lindos... Imagino o sabor...
Obrigado por partilhares...
Beijinhos e bom fim de semana...

Nizz disse...

E apesar de não serem todos gémeos perfeitos ficaram muito bonitos! E, pela receita, deliciosos também!
Também sou muito perfeccionista e control-freak... então na cozinha, não gosto nada quando as coisas escapam ao meu controlo! Mas acho que aqui o serem todos diferentes dá um ar mais caseirinho e saboroso ;)

JotaSousa disse...

O aspeto destes biscoitos é algo... extraordinário!
Pelo menos já vou avisado, se quiser tentar tenho que ter calme :;D

Patricia Scarpin disse...

Tati, morri de rir com a história do compasso - me identifiquei muito! :D
xx

Fernanda Ramos, não conheço. Mas a que vídeos você se refere? Não tenho vídeo nenhum aqui.

Fabi, que comentário mais doce, obrigada!
Beijo!

Related Posts with Thumbnails